Risqué – Base Reestruturadora

By

Primeiro post.
Aeeww!
#TodasGrita #TodasComemora

E o primeiro post vai ser logo uma RESENHA. DE BASE. DA RISQUÉ.
Vamos lá.

Primeiro vou me apresentar né.
Olar, sou a Gabs ^^.

Continuando sobre a base.

Bem, eu tenho uma certa mania de comprar linha de tratamento – seja base, seja top coat, seja creme de mão, seja coisa para cutícula… E fico com pena de usar tudo. Mas, como uma boa brasileira, fiz aquelas metas para 2016: esse ano, eu vou usar minhas coisas sem dó de acabar. Vamos ver se consigo levar esse plano adiante até fim do ano.

E a base escolhida foi justamente essa verdinha. Quando essa linha de tratamento da Risqué foi reestruturada e chegou no mercado, acabei comprando todos os produtos disponíveis: o top coat, o reparador noturno, base niveladora (base essa que vai aparecer e por aqui também) e ela. Usei durante um tempo, parei, voltei, parei de vez e esqueci que ela existe. Foi quando eu decidi usar todos os ‘restinhos’ de produto que tenho em casa.

A base estava mais ou menos na metade e tenho usado, sem interrupção, desde o início de janeiro – ou seja: 2 meses. E foram bons dois meses.

IMG_1150.JPG

A base é realmente boa. Sério. É tudo isso que falam e mais um pouco. Minha unha nunca foi de quebrar e escamar – mas percebi mais firmeza, uma textura melhor, um ‘viço’, sabe? E olha que a minha ainda é do vidro antigo e estava vencida.

O interessante é que ela não reagiu como as outras bases, que ficam uma gosma estranha no final – ela se manteve fluida e de fácil aplicação no início até o fim. Ok que o produto ficou meio amarelado, mas ela estava fora da validade e dei essa colher de chá para a coitada.

Infelizmente a Risqué tirou essa base de linha, mas colocou outra no lugar. Como não achei a substituta para comprar (nem em loja física e nem em loja virtual), vou ficar devendo uma resenha sobre essa nova base. Mas assim que achar, eu faço.

Prometo.

Bolha-Gabs

Anúncios