Hits – Dionísio

By

Bem, essa é a minha segunda versão do Dionísio, daquela coleção Deuses do Olimpo da Hits. A primeira coleção foi lançada em 2011 e a segunda, uma versão 3free, lançada em 2013/2014, com a desculpa de ser mais holográfica.

Não vou comparar a holografia da primeira e da segunda versão por agora – mas é um projeto que eu tenho e preciso amadurecer essa ideia (e arranjar tempo pra isso). A ideia aqui é falar do esmalte mesmo.

Hits - Dionísio 2014 1

Bom, o que achei dele: ele é bonito. É holográfico e é roxo – e isso já o classifica como um esmalte bonito. Mas a qualidade não é lá essas coisas. A fórmula parece uma geleia e a aplicação é sofrível – não sou expert em dar acabamento, mas essa formula não me ajudou em absolutamente nada. O pincel veio meio solto – esmaltei morrendo de medo desse treco soltar e acabar com tudo-, mas pelo menos secou rápido.

Hits - Dionísio 2014 2

Bem, todo mundo sabe – melhor, quem conhece a Hits há mais tempo, sabe que a marca caiu MUITO em relação à qualidade. Tem muito esmalte bom ainda – mas são antigos. Particularmente, essa coleção só tem DUAS coisas boas: é holográfica (e esmalte holo nunca é de mais) e é 3free, o que dá a oportunidade para as alérgicas usarem também.

Ok que deram um suspiro com essas coleções em parcerias com atrizes – a antiga da Gio Antonelli (que agora é Colorama), a da Marina Rui Barbosa -, mas eu não confio na marca como antes. Infelizmente.

 

Bolha-Gabs

 

Anúncios