Penélope Luz Deluxe – Dark Siren

By

Estava com vontade de usar algo diferente esses dias – quem nunca?

Sentei no tapete do escritório, desci todas as caixas de esmalte que eu tinha e vi que tinha coisa de mais. E sim, fiz mais um bota fora estrondoso na minha coleção. Estava na hora: tinha muita coisa parada, pegando pó e nem com umas 3 vidas eu conseguiria usar tudo.

Porém, muita coisa continuou. E quando digo muita coisa, significa MUITA COISA.

Tem vários esmaltes que eu não consigo me desapegar, como meu primeiro esmalte importado – um vermelho italiano que ganhei de meu tio -, por exemplo. Fora outras marcas: Mavala, Glitter Gal, alguns que ganhei de presente, esmaltes que fizeram somente para mim (sim, estou falando da Danny)

E, claro, não consigo me desapegar dos esmaltes da Penélope Luz. É sério. Nem os repetidos eu consegui mandar para outra casa.

Depois de organizar tudo, sentei com a caixa que tem os meus Penélope Luz e decidi que ia usar o Dark  Siren. De onde saiu essa decisão? Não faço ideia.

Penélope Luz Deluxe - Dark Siren 2.JPG

Acho que o Dark Siren fez parte da primeira coleção da Linha Deluxe que a Penélope Luz lançou. É um achismo, pois minha memória para datas é oh: um terror.

Ele é um chumbo duochrome, que varia entre chumbo e um tom de verde. E de quebra é holográfico. De início fiquei surpresa em ver que ele não precisa de base para poder fechar a cor: com uma única camada ele disse para que veio, mas usei duas só para ajeitar uns erros na área da cutícula.

Penélope Luz Deluxe - Dark Siren 3.JPG

O pincel é achatado – amor para toda vida -, sua fórmula é 5free, e gente: ele é um BALDE. São 16ml de puro amor. Como eu tenho horror de gastar esmalte bonito – sim, eu sei que isso não é normal -, usei esse sem medo de me preocupar em gastar.

Infelizmente ele saiu de linha – para quem não sabe, a Linha Deluxe é limitada. Então, quem ainda achar online, compre porque nem na loja oficial da Penélope tem disponível.

Bolha-Gabs

Anúncios